Archive

Category Archives for "Ciência do Pênis"
1

Anatomia do penis

Conheça a anatomia de seu pênis!

O pênis pode ser parecido com um apêndice simples, mas é muito mais complicado do que isso. Ele tem um monte de segredos dentro de sua forma longa e tubular. Como as duas funções do pênis são bem conhecidas (urinar e ejacular), pode parecer que você já sabe tudo o que há para saber sobre ele. Na verdade, você ficaria surpreso com o quanto você NÃO sabe sobre o pênis! É muito importante aprender todos os segredos do pênis também, uma vez que esses segredos são o que vai te ajudar a aumentá-lo.

Partes do pênis:

O pênis humano é composto de duas partes: o eixo e a glande (ou, a cabeça). O eixo não é um músculo como alguns acreditam. Ao invés disso, o eixo é feito de três colunas de tecido, uma das quais continua mais a frente para formar a glande. Estas colunas de tecido são chamadas de Corpo Esponjoso e Corpo Cavernoso (que são duas colunas de tecido localizadas próximas uma da outra, na parte superior do pênis).

O corpo do pênis é coberto de pele, enquanto a glande suporta o prepúcio. O prepúcio é anexado à parte inferior do pênis, em uma área chamada de freio. Por fim, o pênis envolve a uretra em toda a sua extensão. A uretra é o túnel pelo qual a urina e o esperma viajam em suas respectivas jornadas.

A ereção:

A ereção acontece quando as duas câmaras do Corpo Cavernoso se enchem de sangue. Curiosamente, a maioria dos mamíferos têm ossos em seus pênis, mas os humanos não. Portanto, os seres humanos têm de depender exclusivamente do sangue para trazer uma ereção ao seu pênis.

O fluxo de sangue para o pênis é desencadeado por excitação sexual e estimulação, que causam a dilatação das artérias que viajam até o pênis, aumentando assim o fluxo sanguíneo. Quando o tecido esponjoso das câmaras do corpo cavernoso se enchem de sangue, o pênis torna-se rígido, exatamente como você quer que ele fique para a atividade sexual.

Puberdade e crescimento do pênis:

Cada bebê do sexo masculino nasce com um conjunto completo de órgãos reprodutivos, incluindo pênis e testículos. No entanto, estes órgãos não estão plenamente desenvolvidos no nascimento, e não se desenvolvem até que o menino atinja a puberdade, geralmente entre os 10 e 14 anos.

Na puberdade, a glândula pituitária começa a secretar hormônios que fazem com que os testículos comecem a produzir testosterona. A testosterona também faz com que os ossos cresçam e músculos mais grossos se desenvolvam. Além disso, aumenta o tamanho do pênis e testículos, faz com que a voz se torne mais grossa, e com que os pêlos pubianos apareçam.

O pênis para de crescer quando termina a puberdade, que geralmente é em torno dos 18 anos. O tamanho do pênis é totalmente baseado em sua genética, exceto no caso de certos distúrbios hormonais, e não está relacionado (como alguns querem que você acredite) com o tamanho de outras partes do corpo. Entretanto, apenas porque o tamanho natural do pênis é genético não significa que não pode ser influenciado.

Supere a genética com exercícios e extensores penianos:

Através do uso de exercícios e extensores penianos, as colunas de tecido do pênis são forçadas a expandir tanto em comprimento quanto em expessura. Esta força é realizada colocando pressão sobre o eixo e persuadindo as células nos tecidos a se multiplicarem. Isto acabará por fazer com que o Corpo Cavernoso segure mais sangue, o que resultará em um pênis maior em ambos os estados, ereto e flácido. Este é um processo perfeitamente seguro e natural, e pode resultar em um aumento duradouro do tamanho, quando feito corretamente e por um período estável de tempo.

Mas antes de revelar quais exercícios e extensores eu recomendo, vamos dar uma olhada em alguns métodos que você precisa evitar – Aumento Peniano – Métodos para se Evitar

4

O tamanho do penis importa?

Tem sido dito que para a mulher, tamanho não teria importância. Não importa quão grande (ou pequeno) seu pênis é, se ela te ama do jeito que você é. Quem disse isso obviamente nunca sofreu com um pênis pequeno.

Ainda assim, isso machuca a autoestima. Isso faz de você uma pessoa menos confiante – e por boas razões! Mas você não precisa mais se preocupar com o tamanho de seu pênis. Você tem opções para aumentar o seu tamanho. O tamanho médio do pênis é de 12 a 15 centímetros de comprimento.

Mas para muitos homens isso simplesmente não é o suficiente – ou talvez eles estejam abaixo da média, o que pode causar baixa autoestima e maior humilhação. Há uma razão para produtos de aprimoramento masculino serem tão populares e para os homens continuarem a buscar por uma resposta de como conseguir um pênis maior.

O tamanho do pênis não deve ser um problema grande o suficiente para que você ponha em risco a sua saúde ou a sua função sexual. Sejam quais forem as técnicas ou os produtos para aprimoramento masculino que você use, deve-se ter cuidado para que eles não danifiquem seus nervos ou causem outros danos permanentes aos seus órgãos sexuais.

Alguns alargamentos mal feitos e produtos para aprimoramento masculino podem causar efeitos colaterais que irritam o pênis, resultando em inchaço, que o comprador acredita ser crescimento do pênis. Saiba a diferença e só use produtos que tenham sido experimentados e testados para que não causem danos irreparáveis.

Algumas mulheres afirmam que realmente não ligam para o tamanho do pênis. Para elas é mais sobre como o homem usa tudo o que ele tem. Mas do ponto de vista do macho, o tamanho do pênis pode empobrecer uma experiência sexual, se ele for tão pequeno que não consiga permanecer no interior da vagina por qualquer período de tempo.

Quando se trata de saber o seu tamanho, meça-o em diferentes estados da ereção e em muitos momentos diferentes. Meça a partir da base do pênis para a ponta. Isso é apenas o comprimento. Meça a circunferência em três lugares diferentes enquanto ele estiver ereto – abaixo da glande do pênis, na base, e no meio do eixo do pênis.

Ao longo do tempo, o tamanho passou a importar mais. Os Gregos antigos geralmente consideravam um pênis pequeno mais conveniente. Pênis maiores eram vistos como cômicos e brutos. Hoje em dia essa visão mudou, já que mais homens desejam pênis maiores porque sentem que isso se relaciona diretamente com a sua virilidade.

Em um estudo de 2005, 55% dos homens disseram que não estavam satisfeitos com o tamanho de seus pênis. Mas por outro lado, 85% de seus parceiros estavam muito felizes com o tamanho dos pênis deles. Os homens realmente erram o comprimento do seu pênis, pensando que são menores do que realmente são, porque eles olham para baixo e tem uma visão imprecisa.

O tamanho ideal significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Felizmente, há alguns produtos para aumento peniano no mercado hoje que foram provados funcionar corretamente, para que você não tenha que esperar e se preocupar mais – você pode fazer algo a respeito disso se não estiver satisfeito!

Como medir o penis

Medindo o pênis

Esta seção explica como medir corretamente o seu pênis. Isto é importante porque você precisa saber onde está agora para saber aonde quer chegar.

Antes de começar qualquer programa de aumento do pênis, você deve definir uma meta de aumento realista para si mesmo. Então, você precisa medir o seu pênis.

Para fazer isso, você deve primeiro medir o seu comprimento inicial, tanto flácido quanto ereto. Você também deve manter um diário de bordo de seus ganhos.

Aqui estão algumas medidas com as quais você deve se familiarizar:

  • CEOP = Comprimento Ereto do Osso Pressionado – A forma padrão de medida, tomada pressionando uma régua do osso púbico, na base do pênis, e medindo até a ponta da cabeça, enquanto o pênis estiver 100% ereto.
  • CE = Comprimento Ereto – Medida retirada da base do pênis para a ponta da cabeça sem exercer qualquer pressão sobre o osso púbico, enquanto o pênis estiver 100% ereto.
  • DE = Diâmetro Ereto – Medida tomada em torno da circunferência de um ponto central do eixo do pênis enquanto 100% ereto.
  • CFOP = Comprimento Flácido do Osso Pressionado – A medida é tomada pela aplicação de pressão no osso púbico, medindo até a ponta da cabeça do pênis, enquanto este estiver completamente flácido.
  • CF = Comprimento Flácido – Medida tirada da base do pênis para a ponta da cabeça (sem a pressão sobre o osso púbico), enquanto o pênis estiver completamente flácido.
  • DF = Diâmetro Flácido – Medida tirada em torno do pênis.

Lembre-se de arredondar os totais em suas medidas, de modo que quando veja os ganhos não ache que é só porque não mediu corretamente!

Você deve se medir apenas uma vez por mês, já que isso torna mais fácil motivar a si mesmo.

Medindo o Comprimento Flácido

O comprimento de seu pênis flácido pode ser afetado por muitas coisas, incluindo a
temperatura.

É verdade! Isso pode significar resultados contraditórios, dependendo da temperatura do lugar onde você está. Ganhos flácidos são muitas vezes os primeiros ganhos que você vai notar quando começar o seu programa de aumento do pênis.
Para manter resultados precisos, é importante ter uma maneira padronizada de medir o pênis flácido. A medição do lado do pênis é a melhor.

Mantenha-se ereto e estenda o seu pênis flácido na sua frente (é importante NÃO esticá-lo), deixando-o paralelo ao chão.

Coloque a régua próxima a seu pênis de forma que esteja pressionada ligeiramente contra o osso púbico, bem ao lado do pênis. Meça da base à ponta da cabeça em milímetros ou polegadas (o que você preferir).

O importante é que você sempre meça da mesma maneira e não altere as suas unidades de medida.

Medindo o Comprimento Ereto

Como você pode imaginar, o comprimento ereto é o que a maioria dos homens está interessada.

Mais uma vez é melhor medir a partir da lateral do pênis. Este método é o método padrão que os pesquisadores utilizam para medir o “tamanho médio do pênis” que está entre 14 a 15,2 cm ereto.

Em primeiro lugar verifique se você tem uma ereção 100% para isso. Segure o seu pênis abaixo da cabeça e coloque a régua ao lado dele com a outra mão. A régua deve estar pressionada ligeiramente contra seu osso púbico. Meça com a milimetragem mais próxima, arredondando para o ponto decimal mais próximo.

Meça da base até a ponta da cabeça e anote.

Medindo o Diâmetro Flácido

Medir a circunferência é mais fácil do que parece. Simplesmente meça o centro de seu pênis enquanto estiver flácido envolvendo uma fita métrica em torno dele. Não aperte muito a fita métrica.

Deixe a fita firma, levemente, sem apertar seu pênis, e use esta mesma intensidade toda vez que se medir. O diâmetro médio de um pênis flácido é entre 7,6 e 10,2 cm. Anote sua medida.

Medindo o Diâmetro Ereto

Verifique se o seu pênis está 100% ereto antes de medir. Uma vez ereto, segure seu pênis a sua frente de forma que esteja paralelo ao chão.

Enrole uma fita métrica em torno do centro do eixo, usando a mesma intensidade de firmeza usada para a medida flácida. O diâmetro médio de um pênis ereto é de 12,7 a 14 cm. Anote sua medida.
Seguindo seus Ganhos

A razão pela qual você está embarcando em um programa de exercícios para aumento do pênis é porque quer aumentar o tamanho de sua masculinidade.

Portanto, faz sentido manter o controle sobre seus ganhos. Você pode usar uma tabela como a mostrada a seguir para registrar suas próprias medições, atualizando-as a cada 4-6 semanas.

  • DATA E MEDIDA
  • Comprimento flácido
  • Diâmetro flácido
  • Comprimento ereto
  • Diâmetro ereto.

Manter o controle vai te ajudar a manter-se motivado quando começar a ver ganhos no comprimento e circunferência de seu pênis!

Proximo Passo: Aquecimento